Consciência / Consumo Consciente / Orgânicos / Saúde

Comendo Cru

 

  Existe por aí um mito amplamente aceito no que se refere a alimentação. Creio que todos já ouviram que devemos cozinhar muito bem verduras e legumes para não contrairmos alguma doença. Só para ilustrar, a primeira medida que o governo brasileiro tomou ao ouvir falar da presença de e-coli na Europa foi de instruir os turistas que iam para lá a não comer alimentos crus.      

   Invariavelmente quando cozinhamos, refogamos ou assamos um alimento ele perde grande parte do seu valor nutricional, em média uma perda de 60%. Alimentos com alto potencial de prevenir doenças como a cebola perdem grande parte do seu valor medicinal.

   Se levarmos em consideração que o nosso alimento viaja milhares de kms até chegar até a nossa mesa podemos contar aí mais uma perda por não estarmos comendo alimentos frescos, junte isso com alimentos industrializados e tempere tudo com agrotóxicos e adubos químicos.

   A conclusão é bem óbvia: comemos muito mas nos alimentamos pouco. E o que acontece quando não suprimos o nosso corpo com os nutrientes necessários? Ficamos vulneráveis. E é aí que qualquer doencinha vai nos fazer mal.

   Um sistema em desarmonia é muito suscetível a perder o rumo. Vejamos o que Hipócrates (o pai da medicina ocidental) afirmava: “Alimento é remédio e remédio é alimento”. E ele não falava apenas em combater doenças com produtos naturais como temos o costume de fazer. A idéia é se fortalecer para não precisar ficar doente. E para fazer isso basta comer, e comer cru. Existem por aí muitos tratamentos extremamente eficazes a base de alimentação como, por exemplo, o tratamento de Gerson para câncer e doenças degenerativas. O que todos esses tratamentos têm em comum? Alimentação orgânica e crua.  

         Admito que mudar hábitos alimentares é uma luta intensa e bem complicada, admito que foi bem estranho as primeiras vezes que eu comi brócolis ou espinafre sem dar aquela refogadinha antes. Mas o paladar se acostuma, o organismo agradece e em pouco tempo você começa a notar diferenças.

   É impossível descrever detalhadamente cada alimento, seu poder medicinal e nutricional aqui, mas o que podemos fazer é aproveitar a deixa e vencer mais este paradigma e aprender a comer cru.

Advertisements

One thought on “Comendo Cru

  1. Acredito que comer alimentos crus não necessariamente tenha que ser algo desagradável para os iniciantes, imagino que com um pouco de criatividade qualquer coisa fique boa e apetitosa. Até que ponto é saudável encarar alimentos como forma de recreação? Ontem vi no jornal que a atração mais importante de São Paulo, já que não tem praia, são os restaurantes, creio que o informante desconheça andar à pé na rua.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s