Agroecologia / Saúde

Solo doente, planta doente, homem doente

Cada vez mais sentimos a importância de fazer um alerta, sobretudo, pelo modelo dominante da nossa atual agricultura. Muitas vezes somos criticados negativamente por nossos conterrâneos, que nos denominam de ‘ecochatos’ porque confrontamos esse modelo insano de produção de alimento, e embora para alguns de nós isso possa trazer certo desanimo de continuar lutando, sabemos que se permanecermos unidos e agregando aqueles que compreendem o perigoso jogo de poder da agroindustria, podemos fazer uma grande transformação na vida das pessoas e quem sabe ajudar o planeta.

É o que o Coletivo BioWit propõem aqui, refletir sobre a ética de produção de alimentos e entender que a medida que exploramos os solos e destruímos o equilíbrio natural usando adubação (NPK), estamos aumentando a capacidade do ataque de pragas e doenças. Bem como o uso de defensivos químicos e agrotóxicos que têm aumentado assustadoramente ano após ano, como no caso do milho que já se usa até cinco passadas de veneno. É obvio que assim a agricultura não dá mais lucro. Quem lucra com isso é a industria que produz os adubos e agrotóxicos. Além disso, estudos indicam que morrem ou permanecem invalidas meio milhão de pessoas anualmente, devido ao uso de tantos insumos químicos.

Uma antiga sabedoria fala que “solo doente, planta doente, homem doente”. Este processo contribui decisivamente para a extinção da vida humana no planeta.

Como afirma agrônoma Ana Primavesi “(…) as pessoas que comem agora estas colheitas, comem plantas doentes e também se tornam doentes. Uma planta deficiente somente pode gerar um homem deficiente e deficiência sempre significa doença. Por isso precisa-se a cada ano mais leitos hospitalares. Doenças antes nunca vistas aparecem, especialmente de vírus, como também nas plantas as pragas e doenças aumentam ano por ano. Em 1970 existiam no Brasil 193 pragas. Atualmente ultrapassa 650. De onde vieram? Bactérias, fungos, vírus e insetos que antes eram pacíficos e até benéficos agora se tornam parasitas. Por que? Porque as plantas são doentes nos solos doentes. E o solo é doente quando perde sua vida, sua porosidade, seu equilíbrio em nutrientes.”

Outro assunto por vezes polêmico é o uso de transgênicos, que o agricultor passou a usar sem pensar no propósito projetado por Deus para a humanidade e que está escrito em Gênesis, Cap. o1 – A criação: “Deus disse: Que a terra produza relva, ervas que produzam sementes, frutos que contenham sementes (…) Que a terra produza seres vivos conforme a espécie de cada um: animais domésticos, répteis e feras, cada um conforme a sua espécie (…) E Deus viu que era bom.”

Neste contexto, nada na natureza existe de maneira isolada, tudo está interligado. Assim como o homem faz parte da natureza. Por essa razão o agricultor não deve simplesmente sair por aí adubando por que alguém recomendou sementantes geneticamente modificadas, ou usando Roundup a qualquer época do ano para deixar tudo “limpinho”.

“Porque nós fazemos parte da terra, e tudo o que fazemos a terra, fazemos também a nós mesmos”.

Para concluir, pergunte ao solo e a raiz se está fazendo a coisa certa. Porque é um solo rico em vida que se busca!

Advertisements

4 thoughts on “Solo doente, planta doente, homem doente

  1. Amigo aprecio muito o trabalho em que voces estão enganjados. São poucos os que tem conciencia, mas devem berrar, incomodar, bancar os ecochatos mesmo, porque senão o bando de carneiros domesticados vai engolindo tudo que a mídia e as grandes corporações lhes impingem. Bola pra frente!!!

  2. Valeu Carlos, é realmente muito importante receber esse apoio. Acabei de ler uma passagem de Índios que diziam: “Pela qualidade do produto agrícola se conhece o espírito do seu produtor”.
    E assim que devemos tratar essa questão dentro de nossas igrejas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s