Ética / Colônia Witmarsum / Consciência / Consumo Consciente / Economia Solidária / Orgânicos / Sociedade / Sustentabilidade

10 Dicas para um relacionamento feliz… com o seu feirante.

Witmarsum140baixa Exatamente, quando você vai comprar aquele seu alface em uma feira você está se relacionando com o feirante, e para ter um relacionamento duradouro e proveitoso é sempre bom levar em conta mais do que apenas o dinheiro que passa de uma mão para a outra.

A seguir, algumas dicas para um relacionamento promissor.

1 – A Fidelidade é bem vista: Não quer dizer que você deve ter um feirante exclusivamente, no entanto, todo feirante sabe valorizar um cliente fiel. Aquela verdura que custou alguns centavos mais cara do que a verdura do mercado não será esquecida. É muito mais fácil um feirante conceder um desconto para alguém que ele vê como sendo um cliente fiel do que para aquela pessoa que ta sempre caçando o menor preço.

Então a dica é encontrar aquele feirante que já é seu amigo, aquele com quem você simpatiza mais ou em quem você confia e investir em um relacionamento duradouro.

2 – Não restrinja as compras à feira: A maioria das feiras acontece uma ou duas vezes na semana, os feirantes no entanto estão constantemente “cavocando” em suas hortas ou preparando seus confeitos na cozinha. Priorize o feirante que produz próximo de você, quando passar por perto da sua produção pare e compre aquele brócoli colhido na hora. Isso permite inclusive que você inspecione o processo produtivo além de que você pode acabar vendo aquele tempero que você tanto gosta e que acaba não chegando na feira.

Muitos produtores se disponibilizam a fazer entregas a domicilio, principalmente se você mora em algum percurso que ele fará do mesmo modo. Perguntar não custa.

3 – Devolva as embalagens vazias: Pode parecer pouco, mas devolver aquele vidro vazio da geleia ou da compota diminui não só o lixo gerado mas também ajuda o feirante a economizar tempo e dinheiro. Mais uma vez você pode ter certeza de que aquele vidro vai garantir um desconto na próxima compra.

Sacolas, caixas de ovos, embalagens de frutas, tudo é válido, converse com o seu feirante e pergunte quais embalagens é possível reutilizar sem prejudicar a qualidade dos produtos.

4 – Tenha a mente aberta: Um dos maiores prazeres de um pequeno produtor é ter aquela fruta “só dele”, quem sabe uma verdura que você não encontra no mercado. Isso é possível porque a produção em pequena escala não segue as mesmas leis dos grandes mercados, é possível vender frutas que não resistem a  transportes longos, é viável produzir um canteirinho de hortaliças não convencionais que não tem muita aceitação por serem desconhecidas mas que podem sim ser muito gostosas.

Não tenha medo de novidade, você poderá descobrir muita coisa boa, quem sabe a sua comida predileta ainda está  por ser descoberta e você não sabe.

5 – Não sabe preparar? Pergunte: Todo produto vendido pelo feirante já foi aprovado por ele e pela sua família. Para todos ele tem uma receita ou dica secreta, não hesite em perguntar, e se conhecer um modo diferente de preparar algo que ele venda, compartilhe também a sua receita, vocês só tem a ganhar.

6 – Enxergue além do dinheiro: Por via de regra os feirantes são pequenos produtores que trabalham por amor, nenhum deles tem a ilusão de que vai enriquecer fazendo feira. Lembre de que tudo que está lá foi feito com amor e deve ser valorizado. Evite comparar os preços com aquele produto industrializado do supermercado. Não é a mesma coisa, o sabor não é igual e a qualidade não é a mesma.

Quando for pagar a sua compra lembre também de enxergar além do dinheiro. Feirantes muitas vezes são pessoas pouco convencionais que gostam de trocas, sejam outros produtos ou serviços, uma aula de violão para o filho dele, um armário usado que pode ser adaptado como armário de ferramentas ou uma carona para a cidade, seja criativo, há muita coisa que pode ser um pagamento melhor do que dinheiro.

7 – Priorize os produtos que tem em excesso: É isso mesmo, ao invés de ir pegando logo o último tomate do balcão pense se você não poderia comer uma salada de pepino ao invés disso já que está sobrando. Além disso priorize sempre os produtos da estação, uma dica é levar produtos que podem ser congelados durante o pico de produção. Dessa forma você economizará e ainda diminuirá o desperdício do produtor.

8 – faça propaganda: o produto é bom? divulgue. A maioria dos produtores não tem tempo ou conhecimento para fazer campanhas de divulgação. Se é bom, deixe que outras pessoas saibam e ajude dessa forma o seu feirante a continuar existindo. Não é necessário fazer um cartaz e sair colando, conte para o amigo ou divulgue nas suas redes sociais.

9 – Não encontrou o que queria? Peça: Sabe aquela frutinha que você comia na casa da sua vó e que você não acha em lugar algum? Pois é, agora que você tem um feirante que é seu amigo e seu parceiro você já pode chegar pra ele e pedir para ele plantar pra você. Garanto que ele vai fazer.

10 – O que mais você faz? Pode parecer meio atrevido mas perguntar para o feirante se ele tem outras fontes de renda não é tão absurdo assim não. Muitos deles fazem bicos ou tem outros trabalhos para ajudar na renda da família, se você puder, descubra essa informação e lembre dele quando for contratar um jardineiro, quando for procurar alguém para reformar a sua casa ou qualquer outra coisa que ele faça quando não está produzindo para você.

11. Seja sincero: Aquele molho de tomate ficou apimentado demais? faltou sal na conserva? Não tenha medo de ser sincero, você já é um parceiro, mas faça isso com jeitinho, lembre que a pessoa com quem você está falando se esforçou para preparar aquilo.

… mas foram 11 dicas… pois é, é que o título ficava mais bonito com 10.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s